Ceia de natal: aprenda a economizar

Ceia de natal: aprenda a economizar

A ceia de natal é um tradição de grande parte das famílias brasileiras. Mas não é necessário você gastar muito para fazer algo que agrade a todos.

Por isso, é bom que as pesquisas a respeito de preços comecem desde já para que você não gaste mais do que o necessário.

A primeira dica para que haja uma economia na ceia, é que seja dividida a responsabilidade de quem faz cada prato.

Além disso, também é uma forma de fazer com que todos participem.

Mesmo com planejamentos antecipados, tem alguns alimentos que precisam ser comprados próximos as datas, como as frutas.

Porém ainda assim é possível economizar, afinal de quarta-feira essa parte de hortifruti é mais barata do que em outro dias.

Ceia de natal

Especialistas afirmam que para esse ano não irá haver um aumento dos preços muito abusivo em comparação ao ano anterior.

Já que não houve um aumento do dólar tão significativo para produtos internacionais. E para os nacionais, não houve aumento de demanda.

Mas, ainda assim, não é recomendado que se aceitem valores abusivos em cima de determinados produtos.

Já que caso o comerciantes não veja resultado em suas vendas por causa do preço, o mesmo irá abaixá-lo.

Outra dica interessante, é planejar o cardápio da ceia com antecedência. Porque, se torna possível procurar os produtos com os melhores preços e sem perder qualidade.

Uma opção legal para economizar também, é substituir os pratos mais tradicionais para alimentos que podem ser congelados sem perder o sabor.

O peru recheado, por exemplo, é muito tradicional nas ceias de natal. Mas não tem como ser congelado e a compra do mesmo mais perto da data pode ser abusivo.

Portanto, para que seja feita uma ceia de natal não é preciso gastar mais do que necessário para fazer um jantar gostoso.

FONTE: Correio Braziliense

Ceia de natal

 

 

Os comentários estão encerrados.

Dúvidas? Confira nosso FAQ